Aba 1

Postado em 24 de Setembro de 2019 às 14h10

Escola Regional de Catequese finaliza 13ª turma

Geral (51)
Diocese de Chapecó/SC “As mãos que ajudam são mais santas que os lábios que louvam”                                 ...

“As mãos que ajudam são mais santas que os lábios que louvam” 

                                                                                                                            Madre Tereza de Calcutá.

Foi a partir desta reflexão que iniciou a quarta etapa da 13ª Escola Regional de Catequese, realizada em Lages, dos dias 19 a 22 de setembro de 2019. Com o tema Mistagogia, a formação foi assessorada pelo Pe. Luciano dos Santos e contou com a participação de um grupo de catequistas da Diocese de Chapecó, unidas as outras 9 dioceses de Santa Catarina.

A palavra mistagogia é de origem grega e composta de duas partes “mist” que vem de mistério e “agogia” que significa conduzir, guiar. Então, podemos definir Mistagogia como “Conduzir para dentro do mistério”.

A Mistagogia na organização da experiência de inspiração catecumenal é último tempo, mas como método, ela perpassa todo o processo, ou seja, a Mistagogia com seu jeito de fazer catequese juntamente com o Kerigma “anúncio de Jesus Cristo, alegre, festivo, do coração e com convicção”, perpassam todo o processo de Iniciação à Vida Cristã e de modo muito especial na vivência das celebrações litúrgicas.

Quando falamos em Mistagogia na catequese, não determinamos o tempo, pois o processo catequético tem o objetivo de levar Deus ao coração e à vida das pessoas, percorrendo três caminhos: a palavra orante, a liturgia celebrada e a ação transformadora. E é através da Mistagogia que somos inseridos no mistério de Deus, mas é preciso que sejamos iniciados no mistério não somente através de palavras, mas por intermédio de ações simbólicas e ritos.

Já dizia Ione Buyst “ Um lugar privilegiado para a catequese mistagógica é a própria liturgia, seguindo o exemplo dos Santos Padres. Toda e qualquer homilia, em qualquer celebração litúrgica, deveria ter sempre uma dimensão mistagógica, ligando textos bíblicos com a vida e com a ação ritual que está sendo realizada. ”

A Mistagogia veio para completar as etapas do estudo, precedido pelos temas Purificação/Iluminação, Catecumenato e kerigma. Momentos que foram aprofundados com teoria, apresentação de trabalhos, explicações e ritos. Nesta etapa foi realizada também a formatura dos participantes e a festa das Flores, um dos momentos de partilhar os trabalhos.

Izilde Fasolo
Xavantina

Fotos: Izilde Fasolo e arquivo regional

  • Diocese de Chapecó/SC -
  • Diocese de Chapecó/SC -
  • Diocese de Chapecó/SC -
  • Diocese de Chapecó/SC -
  • Diocese de Chapecó/SC -
  • Diocese de Chapecó/SC -
  • Diocese de Chapecó/SC -

Veja também

Papa Francisco convida Igreja de todo o mundo para rezar nesta sexta, 2727/03/20 O Papa Francisco reza nesta sexta-feira, às 18h de Roma, 14h pelo horário de Brasília, elevando orações a Deus diante das ameaças da pandemia causada pelo novo coronavírus. A intenção é responder à pandemia com a universalidade da oração, da compaixão e da ternura. “Permaneçamos unidos. Façamos......
Mês da Bíblia e o Livro da Sabedoria, por Pe. Cleto Stülp14/09/18 Sabedoria, o livro indicado para o estudo bíblico deste mês de setembro, é o último escrito do Antigo Testamento. Sua autoria, com registro originário em grego, provavelmente é de um judeu que vivia em Alexandria, no......
É tempo de Cuidar: “O amor nos coloca em movimento”05/06/20 Toda ação parte de uma percepção que vem através de uma reflexão, de um olhar, de uma situação, enfim, de algo que toca, sensibiliza, move as entranhas da compaixão misericordiosa. E,......

Voltar para Notícias


Uso de Cookies

Nós utilizamos cookies com o objetivo de oferecer a melhor experiência no uso do nosso site. Ao continuar sua navegação, você concorda com os nossos Termos de Uso.