Aba 1

Postado em 14 de Maio às 16h40

Nova Presidência da CNBB

Destaque (37)
Diocese de Chapecó/SC Dom Odelir José Magri, foi eleito presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial para o quadriênio de 2019 a 2023, na...

Dom Odelir José Magri, foi eleito presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial para o quadriênio de 2019 a 2023, na 57º Assembleia Geral dos Bispos do Brasil (AGBB), no dia sete de maio deste ano. Dom Odelir já atuava como coordenador do Grupo de Trabalho que prepara as atividades de animação para este mês, e celebrou no dia 6 de maio, a missa de abertura do Mês Missionário Extraordinário, convocado pelo Papa Francisco. Ao dizer seu sim à pergunta do presidente da CNBB, ele disse: “Agradeço a confiança dos irmãos. Por amor à missão, eu aceito”.


A assembleia teve duração de 1º a 10 de maio, com o objetivo de atualizar as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil para os próximos quatro anos, e também definir a nova presidência, vice-presidência e secretaria geral da CNBB para o próximo quadriênio.


Na manhã do dia 6 de maio, as novas diretrizes Gerais foram aprovadas pelos bispos, em Aparecida (SP). O documento segue um contexto geral, e o plano deve ser feito de acordo com a realidade de cada instância da Igreja. Posteriormente, este material auxiliará o Regional Sul 4 da CNBB na construção das Diretrizes que irão orientar as ações pastorais nas dez dioceses do estado de Santa Catarina, no qual faz parte a Diocese de Chapecó.
 

Nova Presidência CNBB Nacional

Na segunda-feira, 6 de maio, foram eleitos o arcebispo de Belo Horizonte (MG), Dom Walmor de Oliveira Azevedo, como presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), e o arcebispo de Porto Alegre (RS), Dom Jaime Spengler, como primeiro vice-presidente da CNBB. As eleições seguiram na terça-feira, com o bispo de Roraima, Dom Mário Antônio da Silva, eleito ao cargo de segundo vice-presidente da CNBB, e também o novo secretário-geral da CNBB, Dom Joel Portella Amado, bispo auxiliar do Rio de Janeiro. Para presidente da Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB, foi eleito o bispo de Tubarão (SC), Dom João Francisco Salm. Dom Odelir José Magri, bispo de Chapecó (SC) foi eleito para presidir a Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial.

Nova Presidência da CNBB em Santa Catarina


Na quarta-feira, 8 de maio, os bispos catarinenses elegeram a nova presidência para o Regional Sul 4 da CNBB. O novo presidente nomeado foi Dom Frei Severino Clasen, bispo de Caçador (SC). O vice-presidente será Dom Francisco Carlos Bach, bispo de Joinville (SC), e Dom Mário Marquez, bispo de Joaçaba (SC), eleito como secretário. 

 

Fonte: CNBB/CNBB SUL IV

Dom Frei Severino Clasen, Dom Francisco Carlos Bach e Dom Mário Marquez

Veja também

Palavra do Bispo - Junho 201906/06O caminho que as novas Diretrizes propõem à Igreja no Brasil As novas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil para o próximo quadriênio (2019 a 2023), após intenso processo de debate e acréscimos dos bispos, foram aprovadas na manhã do dia 6 de maio pelos participantes da 57ª Assembleia Geral, em Aparecida (SP). O que aparece como característica central nessas Diretrizes é mais uma vez......
SEMINÁRIOS DA TERRA E DA CIDADE REACENDEM A ESPERANÇA15/06/18 A Frente do Campo e da Cidade, composta por vários movimentos, organizações e pastorais sociais da Paróquia São Miguel Arcanjo de São Miguel do Oeste – SC, no dia 06 de junho realizou o 10º......

Voltar para Notícias