Aba 1

Postado em 19 de Novembro de 2018 às 16h30

Chapecó sedia 2ª reunião do Conselho Regional de Pastoral da CNBB Sul 4

Destaque (42)
Diocese de Chapecó/SC Nos dias 15 e 16 de novembro, a Diocese de Chapecó, acolheu os membros das 10 dioceses do Estado para a 2ª Reunião do Conselho Regional de Pastoral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil...

Nos dias 15 e 16 de novembro, a Diocese de Chapecó, acolheu os membros das 10 dioceses do Estado para a 2ª Reunião do Conselho Regional de Pastoral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) do Regional Sul 4.

No primeiro dia, 15, durante a manhã, os participantes do Conselho aprofundaram o texto da parábola do ‘Bom Samaritano’ (Lc 10, 25-37), através de uma leitura orante com o auxílio do professor e padre da arquidiocese de Florianópolis, Siro Manoel de Oliveira. A parábola foi escolhida como a paradigma metodológico pela Assembleia Regional de Pastoral como texto norteador para a construção das novas Diretrizes da Ação Evangelizadora do Regional Sul 4 da CNBB (2020-2023).

A tarde o tema de estudo foi o mundo urbano e a cidade. Com a colaboração do especialista em mobilidade urbana e professor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Elson Manoel Pereira, os participantes aprofundaram o papel da cidade e a construção da cultura urbana na atualidade.

No segundo dia de atividades (16), foram realizados encaminhamentos e a celebração de encerramento da reunião. 

Informações e fotos: Franklin Machado | CNBB Sul 4

  • Diocese de Chapecó/SC -
  • Diocese de Chapecó/SC -
  • Diocese de Chapecó/SC -
  • Diocese de Chapecó/SC -
  • Diocese de Chapecó/SC -
  • Diocese de Chapecó/SC -
  • Diocese de Chapecó/SC -
  • Diocese de Chapecó/SC -
  • Diocese de Chapecó/SC -
  • Diocese de Chapecó/SC -
  • Diocese de Chapecó/SC -
  • Diocese de Chapecó/SC -

Veja também

Palavra do Bispo - Julho 201926/07/19SE O CORAÇÃO NÃO ARDE, OS PÉS NÃO ANDAM “Não ardia em nós o nosso coração quando ele nos falava no caminho e nos explicava as Escrituras?” (Lc 24,32) O Papa Francisco, desde o início de seu pontificado, tem-nos provocado a sermos uma Igreja em saída, próxima às pessoas. Percebe-se que o coração dos cristãos tem aquecido cada dia mais na disponibilidade em......

Voltar para Notícias