Aba 1

Postado em 04 de Setembro às 08h23

A voz do Pastor | setembro de 2018: Cristãos e a política

Mensagem (8)
Diocese de Chapecó/SC "A política está suja porque cristãos entraram nela sem espírito evangélico" (Papa Francisco) O Papa Francisco, em sua fala sobre a política, tem convocado os...

"A política está suja porque cristãos entraram nela sem espírito evangélico" (Papa Francisco)

O Papa Francisco, em sua fala sobre a política, tem convocado os cristãos a exercerem seu papel de cidadãos como protagonistas contra toda e qualquer forma de corrupção, e afirma: “Envolver-se na política é uma obrigação para um cristão. Nós cristãos, não podemos nos fazer de Pilatos e lavar as mãos, diante das multidões necessitadas. Devemos nos envolver na política porque a política é uma das formas mais elevadas da caridade, sempre que ela privilegia o bem comum”.

Para a sequência desta reflexão, retomo um texto de Dom Guilherme Antônio Werlang, bispo de Lages, SC, que considero oportuno e iluminador.
“... Estamos em ANO ELEITORAL, falsamente chamado, ano político. Digo falsamente porque com isso afirmamos, sem perceber conscientemente, que os outros anos, quando não há eleições, não são também anos políticos. O que está me preocupando é o REDUCIONISMO que fazemos da compreensão do que seja VIDA CRISTÃ.

Vida cristã é antes e acima de tudo assumir em sua própria vida as opções de Jesus Cristo, especialmente em seus pontos centrais, quais sejam: amor, justiça, misericórdia, perdão, colocar em primeiro lugar os pobres, os doentes, os presos, os coxos, os cegos, os "órfãos e viúvas" que na linguagem bíblica significam os excluídos, marginalizados e excluídos sociais.

Para a maioria, vida cristã significa, em primeiro lugar, missa ou culto evangélico, mesmo que antes e depois dos Atos Religiosos, se possa ser ladrão, corrupto, discriminador, grosseiro, agressivo, se pratique a injustiça, se ofendam os adversários e se tenham inimigos.

A oração, o culto, os sacramentos são sempre muito importantes, na vida cristã, mas eles devem expressar uma vida correta, ética, humilde, justa e a busca de forças espirituais para permanecer fazendo o bem.
Para ser candidato ou candidata cristão, não é suficiente ir à missa no Santuário de Aparecida do Norte, só para comungar diante das câmeras de TV ou pedir a bênção diante da Imagem da Mãe Aparecida.
Para os evangélicos não é suficiente ser pastor ou bispo desta ou daquela Igreja dinheirista e ladra e estar envolvido com mil corrupções. Não basta pregar em seus púlpitos, enquanto rouba milhões de seus fiéis e engana o povo com falsos milagres, falsas curas e falsas águas do Jordão ou do Nilo.

Ser candidato ou candidata cristão não é aquele ou aquela que vai num dia ou semana em 10 missas e cultos, terreiros ou outros locais de culto e faz discursos inflamados, moralistas da boca para fora e faz promessas de defender esta ou aquela religião e suas doutrinas, ou simplesmente vai lá para tirar fotografias com os pastores, padres e fiéis.

SER CANDIDATO CRISTÃO DE VERDADE É ASSUMIR ETICAMENTE E EVANGELICAMENTE COMPROMISSO COM A JUSTIÇA SOCIAL E A DEFESA INCONTESTE DA VIDA DESDE SUA CONCEPÇÃO ATÉ SUA MORTE NATURAL.

O que fará menos mal para o Brasil, ter candidatos que se fingem de ser cristãos e cristãs, ou ter candidatos que, se não são cristãos, não usam o culto para aparecer diante dos eleitores, ou mesmo candidatos e candidatas que não tenham nenhuma religião ou até não creem em Deus, mas são éticos, justos, humanitários?

Neste ano eleitoral, muito cuidado com os LOBOS que se apresentam em PELES DE OVELHA. Vêm para roubar, matar, extorquir e usar o rebanho brasileiro para seus próprios interesses”.

A limpeza do Brasil passará por mim e por você. Haja vassoura suficiente!

Dom Odelir José Magri, MCCJ
Bispo Diocesano de Chapecó

 

    Veja também

    Xaxim celebra festa em honra a Frei Bruno 09/03 A Paróquia São Luiz Gonzaga, de Xaxim,  celebrou no último domingo, 04 de março, a Festa em honra a Frei Bruno. Em sua 6ª edição, o momento reuniu milhares de pessoas, tanto para a Santa Missa às 10h, presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Odelir José Magri, quanto para o almoço festivo, ao meio-dia.  Aos poucos a Festa de Frei Bruno vai se......
    IAM realiza encontro diocesano com assessores e assessoras07/05 Neste domingo, dia 06 de maio, foi realizado em Cunha Porã o Encontro Diocesano de Assessores da Infância e Adolescência Missionária (IAM). A atividade reuniu 56 assessores, entre eles veteranos e iniciantes na troca de......
    Assessores/as do CTPL se reúnem em Chapecó22/05 Com um breve estudo sobre a Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate” – “Alegrai-vos e Exultai”, do Papa Francisco – os assessores e assessoras do Curso Teológico Pastoral de Leigos/as (CTPL)......

    Voltar para Notícias